Ciência cognitiva, nano e biotecnologias: a mudança que emerge

O IT toma em mãos a sociedade, desde os veículos wireless até às impressoras tridimensionais, desde a potabilização da água até à grelha energética.

As tecnologias Emergentes representam quanto de mais inovador existe no mundo da tecnologia e da convergência tecnológica aferente a numerosos campos de pesquisa.
Normalmente costuma-se utilizar o acrônimo NBIC (Nanotechnology, Biotechnology, Information technology, Cognitive science) para indicar a convergência de tecnologias e metodologias diferentes que criam valor e inovação.

As tecnologias que neste momento são consideradas emergentes são, por exemplo:

  • OnLine Electric Vehicle: veículos de tração elétrica cuja mobilidade é garantida por magnetes colocado sob o asfalto e governáveis através de soluções wireless.
  • Impressoras 3D: ferramentas que permitem de reproduzir objetos físicos de resina, plásticas ou ligas metálicas. Trata-se de soluções de alto potencial para a medicina e a engenharia, com desemboques interessantes também no mercado doméstico.
  • Water Purification: a purificação e a potabilização da água representam um dos grandes temas sociais e econômicos dos próximos anos.
  • Energy Storage: a armazenagem energética, quando possível, contribui de um lado para evitar desperdícios energéticos armazenando as energias em excesso para serem utilizadas quando necessárias, do outro para tornar mais sustentável o mercado das energias alternativas, limitando parte dos problemas de sua colocação nas tradicionais energy grid.
  • No-touch User Interfaces: a possibilidade de governar sistemas informativos complexos apenas com o movimento corpóreo introduz significativas mudanças de paradigma na interação homem-máquina e permite novas modalidades de uso de sistemas informativos complexos.
  • Wearable Devices: fala-se muitas vezes dos Google Glasses, mas existem numerosas experimentações de dispositivos inoxidáveis, cada uma com especificidades e características interessantes do ponto de vista de uma hipotética colocação no mercado.

O impacto social e econômico destas tecnologias costuma ser apreciável após sua consolidação e sua disponibilidade no mercado, ou seja quando não serão mais “emergentes”, mas poderão se considerar tecnologias inovadoras ou de mainstream, contudo o estudo destas tecnologias, em todos os âmbitos NBIC, e a tentativa de colocá-las dentro do próprio mercado de referência, é um processo que não pode ser negligenciado pelas empresas que procuram ser inovadoras e competitivas no mercado.

Engineering considera as Tecnologias Emergentes verdadeiras ferramentas habilitantes para a Criatividade e Inovação e efetua sobre elas sistemáticas atividades de scouting e teste. Essa abordagem permite realizar protótipos experimentais sobre casos reais antecipando dessa forma as necessidades do mercado.

ITENS RELACIONADOS
Transportes e Serviços Manufacturing Manufacturing Saúde Governo Local Governo Local Governo Local Saúde Governo Central Transportes e Serviços Governo Local Governo Central Governo Local Manufacturing Transportes e Serviços Homeland Security Transportes e Serviços Energy & Utilities Homeland Security Energy & Utilities Manufacturing Retail Consumer Products Transportes e Serviços Retail
smart cities & government smart cities & government automação e controle smart cities & government supply chain management smart cities & government smart cities & government multimídia smart cities & government saúde eletrônica smart cities & government business information management automação e controle supply chain management plm - product lifecycle management mobile business supply chain management