Do terrorismo ao cyber bullying: a segurança informática coincide com a segurança social

Áudio analysis, image recognition, movie recognition, social network analysis, text mining, human computer interaction, psicologia cognitiva, modelos e técnicas de information fusion e de inteligência artificial: um espectro de competências a serviço das pessoas e da sociedade.

A segurança das pessoas, das infraestruturas críticas e do patrimônio turístico cultural representa uma prioridade para a sociedade, os organismos internacionais e as administrações centrais. Há muitos anos Engineering adquiriu uma grande experiência na realização de soluções de Security para clientes institucionais (ministérios, agências públicas e privadas, segurança, entidades locais...) colocando ao lado do business o envolvimento nas iniciativas de pesquisa e desenvolvimento mais significativas a nível nacional e europeu.

As soluções realizadas por Engineering incluem:

  • sistemas de comando e controle a nível estratégico e operativo (sistemas de suporte ao comando) e a nível tático (sistemas de combate).
  • sistemas para a MSA (Maritime Situation Awareness) em âmbito militar e em âmbito civil
  • sistemas de suporte às atividades de intelligence
  • sistemas dedicados ao tratamento das informações (com especial referência à gestão dos documentos e das mensagens militares)
  • soluções em apoio da saúde militar.

Segurança e Pesquisa

A homeland security é um dos temas mais interessantes no âmbito da pesquisa internacional, um setor no qual Engineering está realizando sistemas e serviços capazes de analisar, prever, investigar de modo integrado, coerente e consistente fontes de dados "abertas" (OSINT – Open Source INTelligence), multimodais (textos, imagens, vídeo, gravações áudio) com a finalidade de prevenir e contrastar crimes quais terrorismo e cyber bullyng, ambos amplamente “rastreáveis” no web e nos sociais mídia (como demonstram casos de atualidade: chacina na Noruega, crimes cometidos nas escolas nos Estados Unidos; todos antecipadamente "preanunciados" no web pelos respectivos executores).

Esses sistemas utilizam e integram técnicas, tecnologias e modelos inovadores de áudio analysis, image recognition, movie recognition, social network analysis, text mining, human computer interaction, psicologia cognitiva, juntamente com modelos e técnicas de information fusion e de inteligência artificial.

Na mesma linha tecnológica colocam-se soluções que suportam as forças de segurança na prevenção ou, quando a prevenção é impossível, na antecipação de crimes contra o patrimônio cultural e nas infraestruturas críticas, integrando as informações presentes no web, as informações voluntariamente fornecidas pelas pessoas comuns (crowdsensing) e as redes de sensores. O sistema utiliza os princípios do crowdsourcing para permitir às pessoas de poder participar e contribuir na gestão de uma emergência ligada a um crime.

Outras soluções permitem extrair automaticamente informações e fatos relevantes de arquivos de vídeo vigilância, sem negligenciar os inevitáveis aspectos de privacy, dando suporte dessa forma a grandes quantidades de vídeo.

No campo da autenticação biométrica finalizada ao acesso a sistemas informativos e informáticos críticos (como em âmbito bancário ou de segurança), Engineering realizou um serviço e um sistema de autenticação multibiométrico (rosto, voz, dinâmica da assinatura) em dispositivos móveis pessoais (smarthphone, tablet).

No que se refere à segurança e proteção dos confins Engineering está participando da criação do sistema dos sistemas (nacionais) de vigilância marítima de vários Países (Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia), em colaboração com as agências europeias Frontex e EMSA. De modo semelhante, Engineering realiza serviços críticos no setor da vigilância dos confins, os chamados CONOPS (Concept of Operations), definidos pela FRONTEX, EMSA, EUSC, JRC, ESA e pela própria Comissão Europeia.

As iniciativas de pesquisa também cobrem a mais emergente linha da cyber security, setor no qual Engineering está amplamente inserida nas principais iniciativas europeias, primeira entre todas EOS (European Organization for Security) para a definição de uma estratégia europeia para a proteção do ciberespaço e a realização de soluções para a luta contra as botnet (redes formadas por dispositivos ligados à internet e infectados por malware, controlada por uma única entidade, o botmaster).

Todas essas iniciativas testemunham o espectro de soluções em curso de realização ou já realizadas em um contexto como o da segurança (pública, das infraestruturas, das fronteiras) que nos últimos anos alcançou enormes níveis de complexidade; iniciativas que confirmam a necessidade de ir para além das soluções convencionais já utilizadas e baseadas em modelos e tecnologias no estado atual.

É necessário realizar sistemas inteligentes que suportem (e em alguns casos substituam) o homem nos processos de análise, (principalmente de grandes quantidades de informações, em tempo real e deferido), mas também os processos decisórios. Neste sentido Engineering está empenhada na criação de soluções de vanguarda nos setores acima indicados e na exploração de novos setores e soluções inovadoras.

ITENS RELACIONADOS
Homeland Security Homeland Security Homeland Security Homeland Security Homeland Security Mídia Defesa e Espaço Governo Local Homeland Security Governo Local Governo Central Defesa e Espaço Governo Local Homeland Security Defesa e Espaço Defesa e Espaço
smart cities & government multimídia smart cities & government smart cities & government multimídia smart cities & government smart cities & government smart cities & government smart cities & government business information management