A integração entre as aplicações está no centro do business e de um serviço de qualidade

Competências e uma abordagem metodológica user-oriented: esta a proposta de Engineering.

De acordo com a definição formulada pelo criador deste conceito, W.H.Inmon, um Data Warehouse é uma coleção de dados especialmente estruturada para responder a determinadas características:

  • dirigida ao sujeito
  • integrada
  • não volátil
  • dependente do tempo

Enquanto nos database tradicionais a organização típica funda-se na previsão de uma estrutura dados orientada a otimizar as operações necessárias na gestão dos processos operativos (a inserção de uma nova ordem ou de uma fatura, o registro da saída de um produto, a carga e descarga dos armazéns...) um Data Warehouse tem o objetivo de organizar os dados provenientes de fontes diferentes a suporte dos processos decisórios de uma empresa.
A integração resulta, portanto, a mais importante das características de um Data Warehouse, porque permite de harmonizar dados provenientes das diversas aplicações projetadas para fins distintos.

As competências

Information Engineering: Peritos na modelagem dados, um alto nível managerial capaz de poder conjugar conhecimentos dos sistemas informativos, competência de domínio nas específicas áreas de business, competência em matéria de privacidade dos dados tratados na empresa e de como eles podem ser gerenciados dentro de sistemas informativos de modo seguro.

ETL Architect: Profissionais IT especializados no projeto de sistemas complexos para definir estratégias mais idôneas para uma correta alimentação de um sistema de Data Warehouse e das policy de alinhamento correto de todas as estruturas dados componentes um Data Warehouse: Staging, Operational Data Store, Data Mart, Cubi Olap. O valor buscado nas soluções implementadas por estes especialistas é a gestão correta dos Metadados, um valor necessário para garantir o correto nível de qualidade/confiabilidade do inteiro sistema (controle dos processos alimentadores, controle da qualidade dos dados, controle do nível de alinhamento entre os diversos níveis de dados, definição dos KPI apto para avaliar a qualidade dos dados...)

Data Warehouse Architect: Muito mais que um DBA, o Data Warehouse Architetct conjuga competências de data modelling físico para desenhar as estruturas mais idôneas a garantir altos níveis, quer em fase de alimentação quer em fase de extração e análise dos dados. As características que qualificam este profissional são uma elevada experiência na gestão de VLDB, forte especialização nas tecnologias adotadas para a implementação do Data Warehouse para desfrutar da melhor forma todas as características tecnológicas.

Product Specialist: Peritos certificados capazes de orientar as escolhas técnicas para o projeto dos diversos layer de uma infraestrutura de Data Warehouse, do capacity planning para a escolha da infraestrutura HW (Teradata, Netezza, Exadata, MS SQL Server Appliance,...), até a plataforma de ETL (IBM Infospehere Datastage, Informatica Powercenter, MS DTS, soluções Foss, Oracle ODI,...), a plataforma RDBMS.

E ainda: Data Warehouse Developer, Information Analyst. Estas as figuras profissionais que Engineering é capaz de expressar no âmbito de um projeto de Data Warehouse. Uma equipe de profissionais que conjugam competências tecnológicas e metodológicas capazes de fornecer uma resposta completa aos nossos utilizadores sobre os temas concernentes o Data Warehouse e a Business Intelligence.

Um centro de competência capaz de cobrir todo o ciclo de vida de um projeto de Data Warehouse, desde a escolha da plataforma até à realização e gestão completa.

ITENS RELACIONADOS
Governo Local Governo Central Homeland Security Governo Central Governo Central Governo Central Bancos Bancos
business information management business information management finança pública recursos humanos finança pública business information management business information management business information management cem - customer experience management business information management